CriptomoedasNotícias

Moeda da China pode contribuir para a valorização do bitcoin

0

A moeda da China, ou seja, o Yuan, pode contribuir para a valorização do bitcoin. De fato, a crescente desvalorização da moeda chinesa pode estar incentivando investimentos em criptoativos, gerando, com isso, fortalecimento e valorização do bitcoin.

Afinal, o que é bitcoin?

Bitcoin é uma moeda digital, descentralizada e que não necessita de terceiros para funcionar. Vale dizer, o uso de bitcoin independe de bancos, grandes corporações ou governos para movimentar financeira. O bitcoin foi a primeira criptomoeda do mundo e o seu funcionamento tem como base uma rede descentralizada extremamente segura chamada Blockchain criada por Satoshi Nakamoto, pessoa cuja verdadeira identidade até hoje é uma verdadeira incógnita.

Atualmente existem três maneiras de maneiras de adquirir bitcoins de maneira eficiente. Uma primeira foram é por meio da da mineração, ou seja, ao resolver complexas equações matemáticas você acaba “descobrindo” e obtendo a moeda. Outra forma é pela compra em exchanges, que são, basicamente, corretoras especializadas em criptoativos. E, por fim, a última forma é adquirindo diretamente de outras pessoas.

É provável que você goste:

Como cuidar de sua saúde financeira

Como ganhar dinheiro na internet vendendo conteúdo

Como ganhar dinheiro na internet vendendo conhecimento

Por que a desvalorização do Yuan pode contribuir para a valorização do bitcoin?

Quanto maiores os conflitos, tensões e incertezas econômicas em âmbito mundial, maior é a valorização do bitcoin. Isso ocorre porque a criptomoeda oferece segurança e proteção a partir de uma perspectiva digital, que não está sob o monopólio ou influencia direta de nenhuma jurisdição. Assim,  os investidores recorrem a moedas mais descentralizadas como o bitcoin para proteger seu dinheiro de eventos tais como o que está acontecendo atualmente no mercado global.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o Dinheiropédia no Facebook e no Instagram. Além disso, não deixe de acompanhar todos os nossos conteúdos semanais sobre finanças, educação financeira, empreendedorismo e investimentos.

Felipe Bertoni
Empreendedor, Especialista em Gestão Empresarial, Doutorando em Direito e eterno aprendiz. Sua maior força de caráter é a curiosidade. Apaixonado por estudar, aprender e buscar conhecimento. Acredita que a informação de qualidade tem potencial de transformar a vida das pessoas. Cofundador do Dinheiropédia.

    Como cuidar de sua saúde financeira

    Anterior

    Não consegue investir? Conheça a nova ferramenta da Neon

    Próximo

    Talvez você goste



    Deixe seu comentário

    Mais em Criptomoedas