DívidasNotícias

Consegui sair do buraco! 3 dicas para evitar novas dívidas

0

Consegui sair do buraco, mas, e agora, como evitar novas dívidas?

1 – Não aceite crédito fácil

Quando estamos com as contas em dia, é muito fácil receber ofertas de crédito. Existem diversas e variadas ofertas. E as promessas são inúmeras: baixa taxa de juros, pague em x vezes, crédito sem consulta aos sistemas de proteção do crédito, etc.

Evite cair nessas armadilhas. Você somente deve recorrer ao crédito quando extremamente necessário ou quando surgir uma ótima oportunidade de negócio para a qual você não esteja capitalizado. Mas, de qualquer forma, em qualquer das hipóteses mencionadas a situação deve ser muito bem analisada.

Observando essa dica você consegue evitar novas dívidas.

2 – Reserve parte de sua renda mensal para a formação da reserva de emergência

Assim que entrar na sua conta o dinheiro, pegue parte dele e aporte em um investimento de alta liquidez. Ou seja, deixe esse dinheiro rendendo, mas em um investimento que você consiga movimentar o dinheiro com facilidade, rapidez e sem muita burocracia. Essa parte dos eu capital é a reserva de emergência e deve ser usado, como o próprio nome diz, em situações excepcionais de emergência.

Qualquer imprevisto que implique um gasto extraordinário pode ser solucionado com a reserva de emergência. O seu notebook de trabalho quebrou, surgiu uma doença na família, furou o pneu do carro.

Enfim, infelizmente imprevistos acontecem e devemos estar preparados para eles, inclusive financeiramente.

É provável que você goste:

Confira 3 dicas de investimentos

Como ganhar dinheiro na internet vendendo conteúdo

Como ganhar dinheiro na internet vendendo conhecimento

3 – Evite fazer dívidas e gastar todo o dinheiro extra (13º salário, rescisão, etc.)

Muitas pessoas ficam aguardando o 13º salário ou uma rescisão para, finalmente, adquirir bens de consumo. Essa estratégia não é das melhores, financeiramente falando. Não há nenhum problema em adquirir bens de consumo ou realizar gastos supérfluos, mas eles devem ser planejados, organizados e caber dentro do orçamento.

Assim, muitas vezes é mais vantajoso você prolongar um pouco a realização desse desejo de consumo poupando um pouco a cada mês, sem deixar de fazer o aporte em seus outros investimentos. Dessa forma, apesar de talvez demorar um pouco mais, a aquisição ocorrerá de forma tranquila e o dinheiro extra que entrar pode ser alocado em um investimento e acabar trabalhando para você, ao invés de acontecer o contrário.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o Dinheiropédia no Facebook e no Instagram. Além disso, não deixe de acompanhar todos os nossos conteúdos semanais sobre finanças, educação financeira, empreendedorismo e investimentos.

Felipe Bertoni
Empreendedor, Especialista em Gestão Empresarial, Doutorando em Direito e eterno aprendiz. Sua maior força de caráter é a curiosidade. Apaixonado por estudar, aprender e buscar conhecimento. Acredita que a informação de qualidade tem potencial de transformar a vida das pessoas. Cofundador do Dinheiropédia.

    Como conseguir empréstimo online em 24 horas, mesmo negativado

    Anterior

    3 dicas para negociar suas dívidas

    Próximo

    Talvez você goste



    Deixe seu comentário

    Mais em Dívidas