DívidasInvestimentos

23 milhões de pessoas têm dívidas de até R$ 500, revela Serasa

0

Um novo levantamento da Serasa Experian revelou que, dos mais de 63 milhões de brasileiros inadimplentes, mais de um terço (36,1%) – ou seja, cerca de 23 milhões de pessoas – tem dívidas em atraso de até R$ 500. 

Em média, estas pessoas têm duas contas atrasadas e negativadas, que juntas somam até R$ 500. Caso optem por regularizar sua situação financeira, cerca de 39 milhões de dívidas em aberto e negativadas sairiam do cadastro de inadimplentes. – Serasa

Curiosamente, o valor das dívidas coincide com o saque de até R$ 500 do FGTS. O fundo será liberado de contas ativas e inativas a partir de 13 de setembro. De acordo o economista-chefe da Serasa Experian, Luiz Rabi,

Não sabemos exatamente quantos desses 23 milhões de inadimplentes têm direito a esse saque, mas com certeza quitar as dívidas é o principal destino que se pode dar a recurso. –Luiz Rabi (economista-chefe da Serasa Experian)

É provável que você goste:

Você sabe o seu Serasa score?

Como ganhar dinheiro na internet vendendo conteúdo

Como ganhar dinheiro na internet vendendo conhecimento

Ainda conforme o economista-chefe,

Esse é um momento favorável para limpar o nome, porque a economia brasileira entrou num novo ciclo de redução de taxa de juros. – Luiz Rabi (economista-chefe da Serasa Experian)

Dívidas em atraso

São Paulo é o estado com o maior volume de inadimplentes com dívidas em atraso de até R$ 500. Em síntese, são mais de 4,5 milhões de pessoas, seguido pelo Rio de Janeiro (2,2 milhões).

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o Dinheiropédia no Facebook e no Instagram. Além disso, não deixe de acompanhar todos os nossos conteúdos semanais sobre finanças, educação financeira, empreendedorismo e investimentos.

Bernardo Azevedo
Empreendedor, escritor, professor e produtor digital. Descobriu o poder da educação financeira há uma década e, desde então, vem se dedicando a aprender tudo sobre investimentos. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças. Cofundador do Dinheiropédia.

    Como ganhar dinheiro na internet vendendo conhecimento

    Anterior

    3 dicas para sair das dívidas e manter a conta no azul

    Próximo

    Talvez você goste



    Deixe seu comentário

    Mais em Dívidas